[#Entrevistando] : Clélia Gorski

 Oi meus leitores lindooooos! O #entrevistando de hoje é com a nossa parceira e fofa Clélia Gorski, ela é a autora do livro Separada e dividida que foi lançado pela editora Novo Século. Ela acolheu a gente sendo super carinhosa e atenciosa com nosso blog. Esperamos que vocês gostem, beijooos! 


1) Quando decidiu que queria escrever um livro? Qual foi sua motivação para isto?

Eu sempre tive a oportunidade de trabalhar com texto, seja como repórter, editora ou assessora de imprensa. Durante anos, no entanto, mantive o desejo de ingressar na literatura. SEPARADA & DIVIDIDA, embora seja meu livro de estreia, é meu segundo romance. Ele nasceu da minha experiência de ter passado por um processo de separação e se ver dividida entre milhares de tarefas a cumprir e milhões de escolhas a fazer. A minha maior motivação foi o próprio processo criativo e o desafio de escrever um romance a partir de um tema não muito abordado na literatura nacional.


2) Conte como é a experiência de trabalhar com a editora Novo Século.

Estamos afinados na realização desta obra e o resultado tem sido muito bom. Conto sempre com o apoio do meu editor Cléber Vasconcelos e cada etapa tem sido atingida tendo como norte a troca de opiniões e sugestões. Um exemplo desta sintonia é a capa do livro: eu sugeri a ilustração que bem identifica a mulher moderna e seus múltiplos papéis. O editor acolheu, não sem antes fazer ajustes que foram fundamentais para o resultado final. 


3) Fala um pouquinho pra gente sobre a história do seu livro.
O romance retrata a história de Alice: uma mulher que enfrenta o desafio de iniciar o processo de reconstrução de sua vida, após o término de um casamento. Com a tarefa de cuidar dos filhos, da carreira e de milhares de compromissos, comuns a muitas mulheres, ela reconhece que está sobrecarregada e que precisa incluir, entre tantas prioridades a cumprir, os cuidados consigo mesma. Em cada capítulo, uma nova etapa em sua trajetória é simbolizada por uma mudança também em seu corpo feminino, como nos capítulos Separada, Arredondada, Fatiada, entre outros. É uma forma lúdica de transmitir a mensagem de que o corpo feminino, tão cultuado e identificado como símbolo de sensualidade e beleza, também sente muito com o que acontece com o coração da mulher à qual pertence. 


4) Ser escritora é tudo o que você imaginava um dia que devia ser? Quais os prós e contras para você?

Sim,eu me sinto realizada com a concretização desta obra. Aos 12 anos, já dizia aos meus pais que queria ser escritora. Há muitos desafios e muitos deles ainda desconhecidos por mim. Mas o prazer de escrever e a efetivação deste sonho representam a maior gratificação. Esta tarefa, como todos sabem, é solitária. Por outro lado, ela é transformadora à medida que é compartilhada e ganha vida própria. Estes são 'os prós'. O contra é a não garantia de podermos viver só da escrita; afinal, o escritor escreve porque ama o que faz, a colheita ou não é consequência. 


5) Hoje em dia a internet é cheia de pessoas que investem seu tempo em blogs literários, qual sua opinião sobre eles? 

A WEB veio para ficar e, com ela, novas formas de comunicação e interação vêm surgindo. Eu respeito o trabalho dos blogueiros, quando feito com dedicação, comprometimento e profissionalismo.


6) Já tem algum novo projeto literário planejado?

Sim, tenho um romance e um livro de contos e poesias.


7) Deixe um recadinho para nossos leitores aqui do blog.

Sigam quem escreve e quem escreve sobre quem escreve! A redundância é proposital: a literatura nacional é rica e merece ter tantos leitores quanto seguidores dos mais diversos blogs. Fico feliz que espaços como este reúnam tanta gente interessada em literatura: que a Internet e a Cultura caminhem sempre juntas.
© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo